7 vantagens de procurar um contador para a declaração do Imposto de Renda

Todo ano é sempre a mesma coisa: quando a Receita Federal divulga o período para a entrega da declaração do Imposto de Renda muitos contribuintes brasileiros se enchem de dúvidas, como por exemplo, quais bens devem declarar à Receita ou como preencher aos dados de forma correta.

Desde as declarações mais complexas, com muitos bens e dependentes, até as mais simples, com poucas informações, é preciso ter bastante atenção aos detalhes que não são tão conhecidos pelos contribuintes.

É preciso compreender todos os detalhes da declaração, da restituição e da tabela do IR para não correr riscos.

E é por falta de conhecimento ou de atenção que algumas pessoas acabam caindo na temida ‘malha fina’.

Por isso, muitas pessoas recorrem a um profissional que possui experiência e entende muito sobre os detalhes do leão: o contador. Ao contratar esse profissional o contribuinte conquista muitas vantagens que minimiza o risco de bloqueio do Imposto de Renda. Penando nisso, separamos 7 vantagens em contratar um contador para não cair na boca do leão. Confira:

Esclarece as dúvidas

Normalmente, quando o contribuinte aliena ou adquire novos bens durante o ano, geram mais dúvidas. O contador pode esclarecer todos os questionamentos, como por exemplo, em casos de resgate de aplicações no mercado financeiro ou em fundos de previdência. A experiência do profissional pode ser fundamental para evitar os riscos.

Evita os riscos da malha fina

Quando o contribuinte realiza a declaração sem as orientações do contador corre um risco maior de cair na malha fina da Receita Federal, pois muitos não conhecem todas as regras e pode se prejudicar somente por causa de um detalhe.

Segurança

Com o auxílio de um profissional, o contribuinte garante mais segurança na hora de realizar a declaração, pois as suas escolhas podem impactar o valor a pagar ou que tem direito a restituir do fisco. Portanto, o contador orienta qual o melhor modelo de declaração ou qual a situação é melhor: apresentar a declaração dos cônjuges e dependentes, em conjunto ou separado.

Conhecimento de termos técnicos

Para fazer a declaração à Receita Federal é preciso compreender os termos técnicos, pois dessa forma evita os riscos da malha fina. No entanto, a maioria dos contribuintes não conhecem esses termos e o contador é o profissional adequado para realizar a leitura desses termos.

Saber quais bens declarar

Caso a declaração for mais complexa, o contador pode auxiliar o contribuinte indicando qual melhor maneira de declarar os bens, como por exemplo imóveis e carros, dados de contas bancárias, consórcios, entre outros.

Saber quem são seus dependentes

Uma das principais formas legais de reduzir o imposto a pagar ou aumentar a restituição é incluir dependentes na declaração do Imposto de Renda, mas para isso é preciso saber quem pode ser seu dependente e quais condições para isso. O contador analisa a melhor maneira de incluir pessoas como os pais, avós, bisavós e até os sogros.

Resolve toda burocracia

A declaração do IR exige muitos detalhes e o auxílio de um profissional de contabilidade é fundamental para resolver a parte burocrática do fisco. No entanto, é importante lembrar que a veracidade dos dados informados não é de responsabilidade o contador, e sim do contribuinte.

Universidade Estadual do Rio de Janeiro oferece uma grande quantidade de cursos

O vestibular UERJ 2021 traz uma grande quantidade de cursos, oferecendo aos vestibulandos um ensino de qualidade, com professores capacitados e uma estrutura muito bem desenvolvida contando com vários campis ao longo da cidade. Aqui você encontrará todas informações sobre o vestibular UERJ 2021.

Sobre a UERJ

A Universidade Estadual do Rio de Janeiro foi aberta ao público no ano de 1950, e durante mais de seis décadas vem conquistando mais alunos e se firmando no espaço acadêmico, se tornando uma das melhores instituições públicas do Brasil.

No meio educacional a UERJ trás qualidade, desenvolvendo projetos científicos e de extensão, formando milhares de estudantes ao longo de todos esses anos.

O vestibular UERJ 2021 será muito disputado e irá oferecer diversas opções de curso, em suas diversas áreas, possibilitando ao aluno estudar em uma instituição bem desenvolvida.

Vestibular UERJ 2021

Para aqueles que desejam ingressar em curso de nível superior e em uma ótima universidade não pode perder o vestibular UERJ 2021, que além de oferecer um ensino de qualidade, oferece também uma ótima estrutura com professores qualificados e bem treinados para formar profissionais capacitados para o mercado de trabalho.

  • Com mais de 45 opções de cursos;
  • Reconhecida em todo país;
  • Bem estruturada;
  • Projetos de extensão;
  • Graduação, pós-graduação, ensino a distância;
  • Oferecendo também ensino fundamental e médio juntamente com uma instituição ligada a UERJ.

Cursos oferecidos pela UERJ

Para aqueles que irão se inscrever no vestibular UERJ 2021 é importante saber quais cursos a universidade oferece, e abaixo você encontrará todos eles:

  • Administração;
  • Arqueologia;
  • Artes Visuais;
  • Ciências Atuariais;
  • Ciências Biológicas;
  • Ciência da Computação;
  • Ciências Contábeis;
  • Ciências Econômicas;
  • Ciências Sociais;
  • Comunicação Social;
  • Direito;
  • Educação Física;
  • Enfermagem;
  • Engenharia Ambiental e Sanitária;
  • Engenharia Cartográfica;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia de Computação;
  • Engenharia de Produção;
  • Engenharia Elétrica;
  • Engenharia Mecânica;
  • Engenharia Química;
  • Estatística;
  • Filosofia;
  • Física;
  • Geografia;
  • Geologia;
  • História;
  • Letras;
  • Letras Inglês/Literatura;
  • Letras Português/Alemão;
  • Letras Português/Espanhol;
  • Letras Português/Francês;
  • Letras Português/Grego;
  • Letras Português/Inglês;
  • Letras Português/Italiano;
  • Letras Português/Japonês;
  • Letras Português/Latim;
  • Letras Português/Literatura;
  • Matemática;
  • Medicina;
  • Nutrição;
  • Oceanografia;
  • Odontologia;
  • Pedagogia;
  • Psicologia;
  • Química;
  • Relações Internacionais;
  • Serviço Social;
  • Turismo.

Caso tenha interesse, no site haverá mais informações sobre os cursos de pós-graduação e os demais que a universidade oferece.

Inscrições Vestibular UERJ 2021

As inscrições ainda não foram abertas, mas nem por isso você vai deixar de se informar sobre onde e como se inscrever para o vestibular UERJ 2021. Em breve a universidade irá divulgar todas as informações sobre o edital e o período de inscrição, e assim que isso ocorrer, iremos atualizar para vocês.

Todo o processo de inscrição poderá ser realizado pelo própria site Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

Resultado vestibular UERJ 2021

Tanto o processo de inscrição como os resultados serão divulgados no site da própria instituição, levando comodidade e conforto para o vestibulando que podem ter acesso a tudo via internet.

Na imagem abaixo você pode conferir onde pode ser feita as inscrições e verificar o seu futuro resultado.

Você pode realizar essas ações acessando o portal.

Campi

Você pode ter acesso a todos os campis acessando o site da instituição e saber os endereços disponíveis.

  • Telefone: (21) 2334-2511

Bahia disponibiliza programa de Telefone Popular

Pescadores, aquicultores e marisqueiras de toda a Bahia terão acesso ao programa Telefone Popular e redução da tarifa de energia elétrica. Esses e outros benefícios serão anunciados pelo secretário da Agricultura, Eduardo Salles, e pelo presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto, nesta quinta-feira, 7, em Barreiras, durante o 1º Seminário Regional de Pesca e Aquicultura.

Durante o evento, os 600 aquicultores participantes também poderão se inscrever para obter o Número de Identificação Social (NIS), junto à Coordenação Estadual do Programa Bolsa Família. O documento é essencial para realizar o cadastro no CadCidadão, sistema do Governo da Bahia desenvolvido pela EBDA e Bahia Pesca para oferecer benefícios sociais da Casa Civil, por meio do programa Vida Melhor, aos pescadores, marisqueiras e aquicultores baianos.

Clique aqui e saiba quem tem direito ao Bolsa Família 2021, qual telefone do Bolsa Família e outros benefícios destinados ao cidadão brasileiro de baixa renda.

Com quase 400 produtores e 140 hectares de lâmina d’água, a região oeste é a segunda produtora de pescado da Bahia, com 2.131 toneladas de pescado, das quais 1.231 toneladas são de pequenas associações. Ocupa ainda a primeira posição no ranking de produção em viveiros escavados, alcançando uma produtividade de 3.200 kg/hectare/ano, o que representa 13% da produção baiana.

“Esses números apontam para mais uma matriz produtiva na região, que não pode ser ignorada. Ao contrário, temos que estimular o desenvolvimento do setor, melhorando as condições de trabalho e, consequentemente, da vida dos pescadores e aquicultores do oeste”, enfatiza o secretário Eduardo Salles.

MELHORES PLATAFORMAS ONLINE PARA ESTUDAR PARA O ENEM

Se você é estudantes e está se preparando para realizar o próximo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2021) provavelmente já recorreu a videoaulas online, sites de busca ou aplicativos que ajudam a estudar.

E graças a essa demanda do setor estudantil, a internet passou a ser uma excelente ferramenta de estudo e disponibiliza diversas plataformas online que facilitam o aprendizado e aumentam as chances de uma aprovação no vestibular.

Se você é vestibulando e deseja estudar pela rede, deve conhecer quais melhores plataformas que existem. Separamos algumas delas para te ajudar.

Descomplica

Essa é uma das maiores plataformas do País e também uma das mais conhecidas na web. Eles apresentam os conteúdos de forma dinâmica, com vídeoaulas exclusivas e pequenos cursinhos de preparação para o ENEM.

Essa ferramenta é paga e existem diversos tipos de planos: mensais, semestrais e anuais, com preços acessíveis.

Mande Bem no Enem

Este portal é gratuito e oferece provas, testes vocacionais e plantões de dúvidas. As vídeoaulas possuem assuntos interligados, da mesma forma como as questões do Enem, e as disciplinas são organizadas em cinco áreas de conhecimento: natureza, números, letras, comunicação e cultura.

Hora do Enem

Essa plataforma é uma iniciativa do Ministério da Educação e auxilia nos estudos de quem vai realizar o Exame. Também gratuita, essa ferramenta oferece materiais didáticos, notícias, debate de questões das provas anteriores, simulados ao vivo bastante parecidos com o Enem e ainda ensina a desenvolver um plano de estudos.

Stoodi

A Stoodi é uma ferramenta paga que foi desenvolvida especialmente para auxiliar os alunos assinantes que vão realizar as provas do Enem. A plataforma oferece milhares de aulas online e exercícios que são divididos por disciplinas, planos de estudo, resumos, monitoria, além de corrigir redações com os critérios do Exame.

Me Salva!

A plataforma é paga e possui o conteúdo dividido de acordo com a área e o nível de escolaridade do aluno. No entanto, dentro dessa ferramenta é possível encontrar o Plano Enem, que é uma maratona gratuita que auxilia os estudantes com aulas especiais sobre assuntos específicos, alguns dias antes do Exame.

PasseiWeb

Este site oferece simulados, resumos de livros, provas, gabaritos, notícias, atualidades, artigos sobre profissões e sobre cursos, tudo de forma gratuita. Essa ferramenta também disponibiliza dicas de como realizar uma boa redação no Enem, banco de questões e simulados. Além disso, a plataforma auxilia quem ainda não sabe qual carreira seguir, e disponibiliza uma enorme lista de profissões.

Obrigações dos contribuintes brasileiros

Como todo início de ano, os contribuintes brasileiros devem começar a preparar os documentos para a Declaração IRPF 2021 e aqui neste artigo estarão disponíveis todas as informações necessárias para a correta declaração do imposto.

O Imposto de Renda tem caráter federal, de responsabilidade da Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB e é devido a todo contribuinte que recebe acima de determinada importância anualmente.

Todos os anos a Secretaria da Receita Federal estabelece os limites para a declaração, que deve ser realizada entre os meses de março e maio, referentes aos valores recebidos pelo contribuinte no ano anterior.

Desta forma, devem realizar a Declaração IRPF 2021 aqueles que obtiveram, entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2017, valores superiores aos estabelecidos pela Receita.

O valor atual é de R$ 28.123,91, mas até o ano de 2020 deve subir, pois é reajustado todos os anos.

Quem deve fazer a Declaração IRPF 2021?

  • As pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123,91*.
  • Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil*.
  • Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
  • Quem tiver a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil*, também deve declarar IR neste ano.
  • Contribuintes que passarem à condição de residente no Brasil, em qualquer mês do ano, e que nesta condição se encontrarem em 31 de dezembro de 2017.
  • Quem optou pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja destinado à aplicação na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda.
  • Quem teve receita bruta em valor superior a R$ 140.619,55* oriunda de atividade rural.

Como fazer a Declaração IRPF 2021?

Para fazer a Declaração IRPF 2021 o contribuinte utilizará o programa disponível para download no site oficial da Receita Federal.

O contribuinte deve escolher o sistema operacional do seu computador, baixar o programa e fazer a instalação, devendo clicar no botão “Criar Nova Declaração”, que aparece no centro da tela, para iniciar a declaração.

Uma caixa de texto se abrirá perguntando se o contribuinte quer importar os dados da Declaração de Ajuste Anual do exercício anterior, incluindo a declaração de bens.

Em caso de dúvidas procure um profissional capacitado (Contador) para fazer a declaração.

* Valores referentes à Declaração de 2016. Os valores serão atualizados tão logo sejam divulgados pela Receita Federal.

Condicionalidades do Bolsa Família: como receber o benefício

A Caixa Econômica Federal é o banco responsável por administrar o Programa Bolsa Família e por realizar os pagamentos às famílias beneficiarias, para que as famílias possam ter acesso ao valor do benefício será fundamental que elas realizem o bolsa família cadastro.

Para realizar o cadastro Bolsa Família 2021 é preciso apresentar documentos como:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda de todos moradores da casa.

Após realizar o cadastro, será tão importante para quem deseja receber o valor do Bolsa Família consultar calendário de pagamento diretamente no site da Caixa Econômica Federal, que é o www.caixa.gov.br, sendo que há uma página totalmente voltada para o programa assistencial que permite esta consulta.

Valor do Bolsa Família 2021

Apresentando reajustes regulares de acordo com a economia brasileira e seguindo as taxas de juros praticadas pelo Banco Central do Brasil, o valor do calendário Bolsa Família 2021 é atualizado todos os anos e nesse ano não será diferente.

Atualmente, o valor oferecido pelo benefício é de até 85 reais mensais por família, sendo que este valor poderá variar até atingir um valor de 350 reais, caso haja crianças e adolescentes, por exemplo, como membros da família cadastrada. Confira os seguintes valores:

  • O valor recebido por família para cada criança cadastrada no Programa Bolsa Família é de 38 reais, atualmente, sendo que o sistema só permite que até no máximo 5 crianças por família sejam cadastradas.
  • Para cada jovem cadastrado como membro da família beneficiada no Programa Bolsa Família, o valor é de 45 reais, sendo que o sistema permite que no máximo 2 jovens sejam cadastrados por família.
  • Para famílias que se encontram em situação de pobreza extrema, o valor do benefício variável poderá chegar a até 195 reais por mês.

Cartão Cidadão

O Cartão do Cidadão é um facilitador para que o cidadão tenha acesso aos serviços dos benefícios sociais e trabalhistas. É possível usá-lo em todos os canais de pagamento autorizados pela Caixa, presentes em todos os municípios do Brasil.

Todos que possuem FGTS provisionado, rendimentos do PIS, Abono Salarial ou, que ainda esteja recebendo parcelas do Seguro-Desemprego têm direito ao Cartão. Com ele, é possível acelerar e garantir mais segurança no processo de pagamento dos benefícios sociais.

Para consultar saldo ou extrato de seus benefícios não é necessário o uso do Cartão do Cidadão. Esses serviços podem ser feitos diretamente no site da Caixa.

Se você possui algum benefício social ou trabalhista para receber e ainda não tem o Cartão do Cidadão, solicite pelo telefone 0800-726-0207 ou em qualquer Agência da CAIXA. Todo o processo é muito simples e prático. E para que o atendimento seja rápido tenha em mãos o número do seu NIS.

É importante saber também que para usar o Cartão é preciso ter a Senha Cidadão. A Senha Cidadão habilita o Cartão a receber o pagamento de benefícios sociais administrados pela Caixa, como o Bolsa Família, de forma prática, por meio de pontos de atendimento, terminais de autoatendimento, Casas Lotéricas, correspondentes CAIXA Aqui e Agências da CAIXA.

Para fazer a Senha Cidadão em uma Casa Lotérica, ligue para o canal Caixa Cidadão no telefone 0800 726 0207 e compareça à Lotérica com um dos seguintes documentos:

  • Carteira de identidade;
  • Carteira de habilitação – novo modelo e dentro do prazo de validade;
  • CTPS – Carteira de Trabalho e Previdência Social (Modelo Informatizado);
  • Carteira funcional – emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais, desde que tenha fé pública reconhecida por decreto;
  • Identidade militar – expedida pelas Forças Armadas ou Forças Auxiliares para seus membros ou dependentes;
  • Carteira de identidade de estrangeiros – emitida pelo Serviço de Registro de Estrangeiros da Polícia Federal;
  • Passaporte – emitido no Brasil ou no exterior, registrado no Serviço de Registro de Estrangeiros da Polícia Federal, quando se tratar de estrangeiro sob visto de permanência temporária pelo País.

Não recebi meu PIS: Saiba o que fazer!

O PIS é um benefício do trabalhador da rede privada que preenche os requisitos necessários. Quando está de acordo com o recebimento do PIS, o mesmo pode sacar o valor do abono salarial. Caso você não tenha recebido o seu benefício, confira o texto a seguir e saiba o que você deve fazer.

O que é o PIS?

O Programa de Integração Social (PIS) é um benefício do trabalhador que exerce seu cargo através da CLT. Desta forma, o funcionário fica protegido por diversos benefícios.

Um destes benefícios é o abono salarial, um valor que pode chegar a até um salário mínimo vigente. Este pagamento é proporcional aos dias de serviço prestados a empresa.

Para o servidor da rede pública, o recurso que proporciona o pagamento do abono salarial é o PASEP. Mesmo possuindo objetivo similar, os serviços são distintos. Quem recebe pela rede privada, precisa ficar atento ao calendário PIS 2020.

Quem tem direito a receber?

Nem todos os trabalhadores dispõem da possibilidade de recebimento desse benefício. Para isto, é necessário antes saber quem tem direito ao PIS 2020. São eles:

  • Receber até dois salários mínimos;
  • Ter exercido alguma função por intermédio da CLT por cerca de trinta dias, corridos ou não;
  • Ter seus dados devidamente informados pelo seu empregador para a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS);
  • Ter registro no PIS por, pelo menos, cinco anos.

Se você acha que está dentro das exigências do PIS, mas mesmo assim não identificou o depósito do abono salarial, entenda o que pode ter acontecido a seguir:

Não recebi o PIS, e agora?

Como você pôde conferir, o saque do abono não fica disponível para todo mundo. Por isso, o primeiro passo caso você não tenha recebido o seu benefício, é realizar a consulta PIS a fim de garantir que você está de acordo com os requisitos do saque.

Existem algumas razões pelas quais você pode ter ficado de fora do saque do PIS. A primeira delas pode ser erro o não atualização dos seus dados para com a Relação Anual de Informações Sociais. Esta situação é muito comum e para solucioná-la, você deve consultar o seu RAIS. Caso haja irregularidade, o seu empregador deve enviar uma RAIS retificadora para liberar o seu saque.

Uma outro ocorrência é o 13° salário. Muita gente acaba incluindo o valor no cálculo de pagamento do PIS. O décimo não deve ser incluso como remuneração mensal. Você pode esclarecer a situação se dirigindo com documento para uma Caixa Econômica Federal.

ELETROBRÁS INDICA: Dicas de como economizar energia

Nós necessitamos de energia elétrica para fazer as atividades mais básicas do nosso dia a dia e sabemos que é muito importante economizá-la. Devemos levar em consideração o grande custo da energia elétrica e ainda o impacto ambiental provocado pelo seu alto consumo, já que este recurso é gerado especialmente a partir da água.

Portanto, vamos conferir algumas dicas para economizar energia elétrica:

Leia também os outros artigos da categoria Sustentabilidade e aprenda a economizar o seu dinheiro e ainda a ajudar a cuidar do nosso planeta.

Lâmpadas e iluminação

Utilize em sua casa as lâmpadas fluorescentes compactas. Elas são muito mais econômicas do que as incandescentes e ainda duram muito mais, fazendo com que você não precise ficar comprando lâmpadas. No entanto, é válido lembrar que elas devem ser descartadas corretamente, evitando riscos à saúde. Aproveite ao máximo a luz solar, deixando as cortinas abertas para que não seja necessário acender as luzes cedo. Não deixe lâmpadas acesas em ambientes onde não houver ninguém.

Outra dica e pintar a casa com cores claras, preferencialmente o branco. Estas tonalidades irão refletir a luz e deixar o ambiente iluminado por mais tempo. Você pode adicionar sensores de presença em locais onde as pessoas não ficam por muito tempo como a entrada de casa, escadas, corredores. Assim as luzes só ficam acesas quando houver alguém no ambiente.

Os dimmers que controlam a intensidade de luz também são excelentes para evitar o desperdício e ainda podem servir para criar um clima no ambiente, especialmente nos momentos a dois. Aproveite a luz natural em sua casa por meio de clarabóias e coloque a mesa de trabalho ou leitura perto da janela.

Geladeira

A geladeira é um dos eletrodomésticos que mais consome energia, portanto alguns cuidados para evitar o desperdício são importantíssimos. Um hábito comum é forrar as  suas prateleiras, no entanto, isso deve ser evitado já que dificulta a passagem do ar frio e faz com que o consumo precise ser maior. Evite também colocar sacos plásticos dentro do eletrodoméstico. A localização da sua geladeira na cozinha é muito importante. Ela deve ficar em um local fresco e arejado, protegida da luz solar ou de qualquer fonte de calor (a geladeira e o fogão não devem ficar próximos, especialmente lado a lado, já que um atrapalha o desempenho do outro). O aparelho também não deve ficar encostado na parede ou em móveis.

Utilizar a parte de trás da geladeira para secar roupas ou calçados pode trazer muita eficiência mas acaba aumentando e muito o seu consumo de energia elétrica. Colocar alimentos quentes na geladeira também faz com que o aparelho aumente o seu consumo.

Vale sempre aquela velha regrinha de pegar ou guardar tudo na geladeira de uma vez e rapidinho, nada de ficar pensando com a porta aberta. Para isso, você deve decidir o que vai pegar ou separar tudo o que tiver que colocar na geladeira antes de abrí-la. Descongele a sua geladeira sempre que tiver acúmulo e não deixe o aparelho trabalhando em sua potência máxima.

A escolha do eletrodoméstico também é importante. Os modelos mais antigos consomem mais energia elétrica, portanto, trocar a geladeira velha por uma nova é um investimento que traz um bom retorno, fazendo com que você economize muito na sua conta de luz. Ao escolher a sua geladeira, dê preferência àquelas que trazem o selo do Procel, se possível da categoria A, a mais econômica. Verifique sempre se a borracha de vedação que fica na porta do aparelho está fechando corretamente. Com o tempo ela vai se modificando e pode ficar endurecida ou frouxa, fazendo com que a geladeira não fique completamente fechada. Para fazer o teste, você deve colocar uma folha de papel entre a borracha e o batente da porta. Após isso, feche a geladeira e tente retirar o papel. Se ele cair ou sair facilmente, é sinal de que a borracha precisa ser trocada. Se oferecer alguma resistência ao sair, pode ficar tranquilo. Faça o teste em pontos diferentes da porta da geladeira.

Chuveiro

O chuveiro é responsável por grande parte do consumo de energia elétrica de uma casa. Por isso, é importante tomar banhos rápidos (8 minutos são suficientes). Desligue o chuveiro para se ensaboar. Procure deixar a chave sempre no verão, só usando o modo inverno em casos de frio extremo. Tomar banhos com o chuveiro muito quente além de aumentar o consumo de energia elétrica, fazer com que você gaste mais dinheiro e ainda agredir o meio ambiente, ainda faz com que a sua pele fique ressecada, envelheça precocemente e pode acarretar vasinhos e varizes.

Máquina de lavar e ferro de passar

Procure acumular o máximo de roupas possível para lavar e consequentemente passar. Confira também o Truque para deixar as roupas mais macias, assim você gasta menos energia, já que passará as roupas com mais facilidade e ainda não fica por tanto tempo se dedicando a esta tarefa. Aproveite o calor do ferro desligado para passar as últimas peças e alise-as com as mãos antes de passar para que fiquem mais esticadas. Evite usar estes aparelhos no horário de pico.

Aparelhos eletrônicos

Sempre que terminar de usar um aparelho, retire-o da tomada. As fontes ainda continuam consumindo energia. Os aparelhos que ficam no modo stand-by também gastam muita energia, portanto, caso não vá religar o aparelho nos próximos 10 minutos, retire-o da tomada.

Não vale a pena pagar a mais apenas por aquela luzinha acesa, ou vale? O computador também não deve ficar ligado quando não estiver sendo usado. Se você for usar logo, pode deixá-lo no momo “espera” ou se for sair por menos até 10 minutos, desligue apenas o monitor.